RBE – ILUMINANDO CONSCIÊNCIAS

27 de dezembro de 2016 20:050 comentários

 

Mensagem para todos os trabalhadores das Casas Espíritas, para todos os Cristãos e para todos que fazem qualquer trabalho voluntário.
Atenham-se no seu trabalho. Não estejam nesse propósito que edifica para enaltecer suas vaidades ou satisfazer os olhares externos – trabalhadores, coordenadores e público.
Estejam pelo propósito único e principal: SERVIR A CRISTO.
Se alguém ou algo te deixou triste dentro da casa espírita, segue adiante firme no propósito fim do trabalho; se vir algo que te desagrada, chama o trabalhador silenciosamente para sanear a questão; se vires maledicências que pululam na atmosfera do serviço, faz tua parte: filtra o lado negativo de cada um e absorve as virtudes ofertadas.
Faça semear o bem e exalte seu propósito, advertindo seus companheiros incautos de que a obra feita não é para os homens, mas para Jesus.
Não olvides de que o Lar Espírita onde trabalhas e estudas serve também de residência para aprimorar nossa paciência, benevolência e perseverança no propósito do bem.
Ademais, todo Centro Espírita é um hospital-escola, onde estamos para sanear nossa mente, burilar as más inclinações e medicar nosso espírito.
Se nas suas atividades tens consciência de que não és insubstituível, aplica essa verdade também para os trabalhos voluntários no centro em que frequentas.
Quem necessita do trabalho é você, a casa sempre terá obreiros sequiosos em servir.
Jesus tem milhares de trabalhadores que o servem como obreiros da Boa-Nova. Se estás no trabalho é porque foi-te confiado. Sem lamurias, sem melindres, sem condicionais, apenas segue adiante servindo.
Lembre-se: o Centro Espírita ou o templo religioso que frequentas é a tua “muleta” preciosa, e tu és o aleijado (espiritual). Para caminhares de forma plena precisas da muleta, pois é lá que tua saúde espiritual será tratada.
Não temos condições de seguir na vida sem as orientações preciosas do Mestre Crucificado, e estas lições são redivivas no Centro Espírita ou nos templos religiosos de boa fé.
Trabalhador cristão, se você estiver no intuito de saciar olhares alheios, mostrar-se laborioso, empenhado na causa, mas unicamente a fim de satisfazer seu ego e quem se encontra junto a você, esteja certo de que em breve você deixará o trabalho.
Eis a infeliz verdade, pois na primeira contrariedade que existir entre você e um colega do trabalho, ou até mesmo quando olhares alguma desavença interna, que repercuta na sua insatisfação, você desistirá de pronto da causa.
Esqueceste para quem estavas servindo, e, por essa razão, desistes.
O propósito do trabalho voluntário dentro de uma casa espírita ou onde quer que seja, é servir Jesus, nosso Mestre Imemorável.
Paz e luz a todos.
Autor desconhecido

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

Deixe um comentário

Você deve ser logado para publicar um comentário.

Email
Print